Não se foque apenas no treino, aposte também na massagem desportiva.

Todos os tipos de treino implicam um esforço físico e um trabalho centrado em determinados grupos musculares. Mais ou menos intenso, o exercício físico obriga o corpo a procurar os seus limites e a acelerar o metabolismo ao ponto de funcionar em plenitude.

Patient bei der Physiotherapie

A sensação de bem-estar depois de treinar é comum e um dos aspetos que mais prazer dá, mas será sinónimo de que está tudo bem? Possivelmente sim, mas é preciso fazer mais do que ficar satisfeito com o esforço feito.

Como indica a massagista terapeuta Annette Marshall, as massagens desportivas são uma opção a ter sempre em conta pois ajudam a “romper os nós nos músculos” a aliviar as “áreas de tensão”, que mesmo que não doam podem condicionar os movimentos a longo prazo.

A massagem aplicada depende do tipo de treino e da intensidade com que é feito, uma vez que convém que seja focada nos músculos que fazem mais esforços e que precisam de uma especial atenção, como acontece com os músculos das pernas no caso dos corredores e nos músculos das costas no que toca aos praticantes de culturismo.

Além do impacto positivo que têm a nível muscular, as massagens desportivas são ainda importantes por ajudarem a reduzir a tensão arterial e a aumentar a circulação sanguínea, algo que, lê-se na revista Shape, melhora a flexibilidade e a amplitude do movimento, ajudando numa recuperação mais rápida e eficaz

Fonte:https://www.noticiasaominuto.com/lifestyle/664105/nao-se-foque-apenas-no-treino-aposte-tambem-na-massagem-desportiva

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s